Carregando... Por favor, aguarde...

Categorias

Receber Ofertas


Empresa Registada

Silicea Forte

Preço:
€17.25
Entrega:
Calculado ao finalizar
Quantidade:
Bookmark and Share


Descrição do Produto

 

Introdução:

SILICEA FORTE contém substâncias nutritivas naturais de primeira qualidade e importância para o crescimento de cabelo e unhas fortes, saudáveis e atractivas.

O silício está presente em grandes quantidades na cavalinha Equisetum arvense, fortificando cabelo e unhas. A produção de queratina, o maior constituinte de cabelo e unhas, é estimulada pela presença de aminoácidos sulfurosos (metionina, cisteína e cistina) e zinco. Lithothamne calcareum é uma alga calcária rica em minerais e oligoelementos, com efeito remineralizante para a boa aparência de cabelo e unhas.

SILICEA FORTE pode ser usado para combater queda-de-cabelo, em casos de colorações do cabelo e caspa; todos eles podem ser causados pela carência de nutrientes adequados, stress, cansaço, etc.. Protege o cabelo de ficar baço e sem vida, em resultado de excesso de sol, permanentes, colorações, etc. e previne o envelhecimento prematuro das células do cabelo. É também ideal para unhas quebradiças e escamadas.
A L-metionina é um aminoácido essencial com enxofre e outros compostos que o organismo necessita para um metabolismo e crescimento normais. A metionina é lipotrópica, isto é, ajuda o fígado a processar as gorduras. Funciona como um importante dador do grupo metil no organismo. Após a desmetilação, é formada a homocisteína. Uma deficiência em metionina pode causar danos renais e hepáticos.

A cavalinha (Equisetum arvense) por conter um grande teor em silício, é um excelente mineralizante, sendo especialmente indicada para problemas nos ossos, como a osteoporose, fracturas e descalcificação de dentes e ossos. Repõe o tecido conjuntivo, aumenta a actividade dos fibroblastos e a elasticidade dos tecidos. Possui também propriedades diuréticas e anti-úricas, sendo usada no tratamento de retenção e irritação das vias urinárias, anemias, hemorróidas e hemorragias nasais.

A L-cisteína (Cys) é um aminoácido não-essencial particularmente abundante nas proteínas do cabelo, nas unhas e na queratina da pele. A sua importância no organismo deve-se à presença de um grupo tiol contendo enxofre, na sua cadeia lateral.
Duas moléculas de cisteína ligadas umas às outras por pontes de dissulfito, formam o aminoácido cistina. A cistina e a cisteína interconvertem-se entre si. A cisteína é produzida no organismo a partir dos aminoácidos serina e metionina.
A cisteína auxilia na produção de colagéneo e promove a elasticidade e a textura da pele. Desintoxica o organismo de toxinas e protege o corpo de danos de radiação. Consiste num dos melhores destruidores de radicais livres. A cisteína é também um percursor do glutatião, uma substância que desintoxica o fígado e o cérebro de danos provocados pelo álcool, drogas e compostos tóxicos do fumo do cigarro. A L-cisteína possui propriedades anti-inflamatórias. Combate osteoartrite e artrite reumatóide, trata o endurecimento de artérias, tumores, bronquites e tuberculose. Previne o envelhecimento precoce.
A cistina promove a cicatrização após cirurgias, de feridas e queimaduras e promove a combustão de gorduras. Aumenta a actividade dos glóbulos brancos. Promove a formação de caroteno, essencial para o crescimento do cabelo.
A vitamina B6 é necessária para a síntese de cisteína. A cistina é necessária para a boa utilização da vitamina B6.

Lithothamnium calcareum é uma pequena alga calcária que possui a propriedade de cristalizar nos seus talos, os minerais presentes na água do mar, essencialmente, o cálcio, o magnésio, o ferro e alguns oligoelementos.
Esta alga é particularmente interessante pela sua riqueza em carbonato de cálcio que possui propriedades anti-ácidas (no desconforto digestivo), remineralizantes e fornece o cálcio sob uma forma perfeitamente assimilável. Estas propriedades anti-ácidas permitem neutralizar a acidez gástrica e a acidez do organismo que pode ser a causa de numerosas afecções: reumatismo, tendinites, desmineralização, cãibras, dor ciática, gengivites, fadiga crónica…

O zinco é um mineral essencial, necessário a todas as células do corpo. Desempenha uma função essencial em vários processos corporais – do crescimento celular à maturação sexual e imunidade, até mesmo para os sentidos do paladar e do olfacto.
É necessário para o funcionamento adequado do sistema imunitário, contribuindo na protecção contra gripes, constipações e outras infecções. Aumenta a fertilidade em mulheres e homens e contribui para a diminuição de uma próstata aumentada. Acção antioxidante.

As vitaminas do grupo B são vitaminas hidrossolúveis de extrema importância para o metabolismo dos hidratos de carbono, gorduras e proteínas. O corpo transforma-os em energia usada para formar e reparar tecidos corporais. As carências destas vitaminas podem provocar graves efeitos como debilidade muscular, paralisia, confusão mental, transtornos do sistema nervoso, problemas digestivos, pele rachada e escamosa, anemia aguda e insuficiência cardíaca.

A vitamina B1 (tiamina) é essencial para o metabolismo dos hidratos de carbono e melhora a circulação. A tiamina desempenha também um papel importante na condução dos impulsos nervosos, nos problemas de crescimento e é necessária para a tonicidade muscular normal dos intestinos, estômago e coração. Existem algumas situações de deficiência nesta vitamina, que necessitam de suplementação, tais como gravidez e amamentação, grandes esforços físicos, elevada ingestão de álcool, elevado consumo de hidratos de carbono e certas doenças (diarreia, náuseas, vómitos, doenças hepáticas).

A vitamina B2 (riboflavina) participa em muitas reacções metabólicas dos hidratos de carbono, gorduras e proteínas e na produção de energia através da cadeia respiratória. A riboflavina é necessária para a formação de hemácias, produção de anticorpos, respiração celular e crescimento. Alivia a fadiga ocular (vista cansada) e é importante na prevenção e tratamento da catarata.
Alguns dos grupos de risco com deficiência nesta vitamina são os idosos, as mulheres que tomam contraceptivos orais, as crianças e os adolescentes de meios socio-económicos pobres, crianças com doenças cardíacas crónicas e pessoas que não consomem lacticínios.

A vitamina B3 (niacina) é necessária para uma circulação ideal e pele saudável. Ajuda no funcionamento do sistema nervoso, no metabolismo dos hidratos de carbono, gorduras e proteínas e na produção de ácido clorídrico para o sistema digestivo. A niacina reduz o colesterol e melhora a circulação. É também eficaz no tratamento da esquizofrenia e outras doenças mentais.

A vitamina B5 (ácido pantoténico) é conhecida como a vitamina anti-stress. Actua na produção de hormonas supra-renais e na formação de anticorpos, auxilia a utilização de vitaminas e a conversão de hidratos de carbono, gorduras e proteínas em energia.

A vitamina B6 (piridoxina) afecta tanto a saúde física, quanto a mental. É benéfica em casos de retenção de líquidos, doenças cardiovasculares, problemas circulatórios, hipertensão e diabetes. A niacina e a riboflavina são necessárias para a interconversão das diferentes formas de vitamina B6. A principal função metabólica da vitamina B6 é como coenzima.
Tem um papel importante no metabolismo das proteínas, hidratos de carbono e gorduras. As suas principais funções são: a produção de epinefrina, serotonina e outros neuro-transmissores; a formação do ácido nicotínico da vitamina; a decomposição do glicogénio; o metabolismo dos aminoácidos.

A biotina (vitamina B8) actua no crescimento celular, produção de ácidos gordos, metabolismo de hidratos de carbono, gorduras e proteínas e utilização das vitaminas do complexo B. É necessária para a saúde dos cabelos e da pele. A biotina pode evitar a queda de cabelo.
Considerado um alimento para o cérebro, o ácido fólico (vitamina B9) é necessário para a produção de energia e formação da hemoglobina. É essencial para um crescimento adequado e para o funcionamento ideal do sistema nervoso e da medula óssea. É vital para um bom desenvolvimento do feto, sendo indispensável a sua toma por grávidas.

A vitamina B12 (cianocobalamina) é necessária para prevenir anemia. Auxilia na formação e longevidade das células. É também necessária para uma boa digestão, absorção dos alimentos, síntese de proteínas e metabolismo de hidratos de carbono e gorduras. Além disso, previne danos aos nervos, mantém a fertilidade e promove o crescimento e desenvolvimento normais.
O risco de deficiência nutricional nesta vitamina, é aumentado em pessoas com uma dieta exclusivamente vegetariana.

Apresentação: Caixa com 50 cápsulas em blister (26g)

Ingredientes:
L-metionina; cavalinha Equisetum arvense 18%; agente gelificante: hidroxipropilmetilcelulose; L-cistina; cloridrato de L-cisteína; Lithothamne calcareum 6%; citrato de zinco; antiaglomerantes: hidroxipropilmetilcelulose e dióxido de silício; agente de invólucro: estereato de magnésio; nicotinamida; agentes de carga: celulose; ortofosfato de cálcio; pantotenato de cálcio; corantes: clorofila e dióxido de titânio; cloridrato de piridoxina; riboflavina; mononitrato de tiamina; cianocobalamina; ácido fólico e biotina.
Pode conter vestígios de crustáceos.

Composição por 3 cápsulas:

Cavalinha, Extracto Equisetum arvense 3% silicio orgânico  300 mg
Lithothamnium calcareum   Complexo marinho mineral 100 mg
L-Cistina     -   200 mg
L-Cisteína     -   100 mg
L-Metionina     -   450 mg
Vitamina B1     100% *   1,4 mg
Vitamina B2     100% *   1,6 mg
Vitamina B3     100% *   18 mg
Vitamina B5     100% *   6 mg
Vitamina B6     100% *   2 mg
Vitamina B12     100% *   1 μg
Biotina      100% *   0,15 mg
Zinco      100% *   15 mg
Ácido fólico     100% *   200 μg
* = % DDR = % Dose Diária Recomendada

Modo de Tomar:
Adultos: Tomar 2 a 3 cápsulas por dia, com um copo de água ou sumo de frutas.


Clientes que viram este produto também viram

Você recentemente viu...